Skip to main content

De moto pelo interior do Mato Grosso

 

Depois de 25 dias fora de casa chegou a hora de voltar, e como repetir rotas é chato resolvi mudar o trajeto. Voltei por Sapezal-MT passando por Campo Novo dos Parecis, Tangará da Serrar, Nova Olímpia, Barra do Bugres, Cuiabá e Chapada dos Guimarães. Da Chapada sai por Campo Verde, cortando entre as cidades do interior até sair em Jucimeira-MT, próximo de Rondonópolis. Daí em diante foi o mesmo trajeto da ida.

O que mais vi foi plantação de algodão. Chega dar uma tristeza, pois não se vê uma árvore sequer por vários km.

 

Abaixo tem um vídeo que fala da safra desse ano. Segue:

É o progresso ou regresso!?

 

Logo que passei por Sapezal tive que pagar pedágio a um índio no valor de R$10. A rodovia está abandonada, cheguei a pensar que fosse um clone da BR-319 em alguns trechos. O motivo da cobrança desconheço, mas se não pagar o bicho pega! Apesar das péssimas condições em que as estradas estão a mudança de trajeto valeu a pena. Várias paisagens e rios lindos de se ver. Pena que não tive tempo pra dar um “tibum!”

 

Alguns km antes de Tangará da Serra é possível visitar a cachoeira Salto das Nuvens. A entrada é bem sinalizada e paga-se R$15 para entrar.  Para maiores informações clique aqui.

 

O asfalto é cheio de remendos mal feitos e buracos. Em vários pontos está no cascalho puro.

 

Foram 1.846km de sol no lombo, poeira na cara e vento no peito. Delicioso! A região tem vários lugares para visitação turistica, mas como meu tempo era curto não pude parar. Porém já está em meus planos, ano que vem Mato Grosso é destino certo!

 

Galeria de fotos

www.000webhost.com